Avançar para o conteúdo principal

Fitbit Blaze






O meu novo brinquedo tecnológico!

Foi um presente do namorado. Ele, todo tecnológico, está sempre a par das últimas novidades. Eu, que sou uma leiga na maioria dessas coisas tecnológicas, se não for por ele, num primeiro momento torço logo o nariz à modernidade e passo ao lado de muitas dessas coisas.
Já tinha tido outros dois relógios (da MiBand) com algumas funcionalidades deste, mas este é muito mais completo, não dá sequer para comparar. A começar pelo ecrã touch, seguindo-se as várias funcionalidades, este smart watch é bastante completo.
Depois de fazer o download da aplicação, sincroniza-se o smart watch com o telemóvel e é todo um mundo de facilidades. Para além do óbvio que é mostrar as horas, contabiliza os passos que damos, mede o ritmo cardíaco, converte os nossos passos em calorias gastas, tem despertador, cronómetro e contabiliza diferentes tipos de desportos (corrida, bicileta, etc) e pode ainda personalizar-se o tipo de grafismo que queremos para o relógio através da aplicação. Para além disso, e o que mais me fascina, é receber os e-mails, sms e chamadas no relógio. E isso dá-me um jeitaço! Eu que ando quase sempre com o telemóvel em silêncio, e acabam por me escapar muitas chamadas e sms, assim só se estiver longe do telemóvel ou o bluetooth estiver desligado.
A bateria dá para cerca de 4 dias e carrega super rápido (cerca de 2 horas e está a bateria totalmente carregada).
Outra vantagem é poder mudar-se a bracelete. Há uma infindável gama de braceletes e se formos ao ebay encontram-se preços super acessíveis. Eu optei por esta em preto e magnética para combinar com a cor do visor mas estou de olho numa prateada e numa em tons de dourado.


Encontra-se à venda em várias lojas de tecnologia.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A vida secreta dos nossos bichos

Quem disse que os filmes de animação são só para crianças? Eu gosto bastante de me perder num bom filme de animação. E este prometia muito. Tinha visto o trailer ainda antes de chegar aos cinemas e disse logo "quero muuuito ver este filme" e finalmente vi-o. O filme prometia muito, ainda por cima sendo dos mesmos produtores de "Gru - o Maldisposto", mas sinceramente fiquei um bocado desiludida. A história foi muito básica e o trailer foi muito bem feito porque reúne, a meu ver, as melhores cenas do filme. Uma pessoa vê o trailer, cria grandes expectativas e depois no final fica assim um bocado para o desiludida, à espera de mais...
Ver o trailer aqui.

Pequenas mudanças que fazem grandes diferenças

Nestes últimos saldos, já mesmo nos últimos dias, comprei online estes jeans na Zara. Quando já só havia meia dúzia de peças em loja e outra meia dúzia no site, quando a nova coleção já estava ai em força, estas calças ainda haviam em todos os números e ninguém lhes pegava. Eu própria quando olhei para elas uma primeira vez tive um ligeiro esgar e recordei a década de 90, onde se usavam este tipo de calças. Este tipo de calças a mim nunca me convenceu e, talvez, por a minha mãe na minha adolescência me ter comprado umas e me ter obrigado a andar com elas, foi motivo para nunca mais termos uma relação cordial (ou de qualquer outro tipo).

Só que...quando olhei para as calças uma segunda vez, vi muito potencial nas calças. Primeiro porque antes custavam 29.90€ e quando as comprei custavam 7.99€. Depois porque adorava a cor, eram de botões, cinta subida e simples, sem rasgões, apliques ou lavagens manhosas. Lá as comprei com a ideia de só as usar no Inverno, com botas, para tapar aquele …

Vamos tratar do cieiro e de lábios gretados

Com a polémica do estudo da DECO sobre os batons hidratantes que existem no mercado e que contém substâncias perigosas (os mais desatentos podem ver aqui a lista de batons com substâncias indesejáveis), uma pessoa nem sabe para onde se virar. E quem, como eu, sofre com o frio e fica com os lábios todos gretados, não dá para passar o Inverno sem um baton sempre à mão. Percorrendo a lista da DECO, assim de repente já usei grande parte dos batons que eles classificam como tendo substâncias indesejáveis (se eu morrer cedo, os meus familiares que aleguem que morri devido aos batons que usei e que peçam uma indeminização choruda! Isto nos "states" era capaz de colar...).  Assim sendo, e tendo em conta que as opções do costume estão quase todas na lista, decidi experimentar este baton da Oriflame para resolver o meu dilema dos lábios com cieiro no Inverno (se vir que este batom é para lá de espetacular e a melhor invenção do último século, prometo que aviso. Estamos a entrar no es…

Instagram

Blogs que leio