Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Esponja Konjac - Testada e aprovada

Já não é novidade para ninguém a existência destas esponjas. Há à venda em diferentes lojas e os preços até são acessíveis (esta comprei na Oriflame, custou 5€).

Estas esponjas são feitas em fibra vegetal natural e são ideais para a limpeza diária da pele, ajudando a remover as células mortas. Segundo as instruções que acompanhavam a esponja, se for feita uma limpeza adequada da esponja após cada utilização, e se a pusermos a secar num local sem humidade, a esponja tem uma duração que pode ir até aos 6 meses.
Numa primeira utilização deverá ser embebida em água tépida e, após amolecida, usar um sabonete suave para uma primeira "lavagem" da esponja. Depois disso é tirar a espuma e está pronta a usar. A esponja ao início é dura mas, depois de estar em contacto com a água uns segundos, fica mole e maleável.


Podem usar a esponja sem qualquer produto, apenas húmida, ou adicionar o vosso gel habitual de limpeza facial. Eu tenho usado diariamente com o meu gel de limpeza habitual …

Olá Outono

Pode ser que com a entrada no Outono, a moda (medonha!!) das sandálias/chinelos/slippers com pêlo desapareça de vez!  Se já antes, quando via este tipo de chinelos de andar por casa nas lojas de roupa interior/dormir achava horripilante e sem o mínimo de sentido (são abertos porque são para usar no tempo quente, mas em simultâneo, cheios de pêlos e plumas para aquecer?! Não percebo...), então quando passaram para a rua, foi de bradar aos céus tal aberração!

Que venha o Outono e o calçado fechado!



Em contagem decrescente para Casablanca

E daqui a duas semanas, estou de malas aviadas a caminho do oitavo pais que vou conhecer.

Desta vez vamos um grupo maior mas sem nenhum roteiro definido. Vamos de mente aberta e preparados para descobrir, sem itinerário definido. A expectativa é muita. Deixamos o conforto e a segurança das países da Europa (atendendo ao que se tem passado recentemente pelos vários países da Europa, já não sei se se continua seguro por cá) e aventurarmo-nos por África.
Quem já esteve em Casablanca?

De boca fechada é que estavas bem

Era assim que o meu cão devia andar sempre... mas não! O meu cão tem o hábito de sempre que vê uma mosca ou qualquer outra coisa que voe, de a tentar apanhar com a boca (é lindo vê-lo muitas vezes aos saltos no ar a tentar apanhar moscas). Tem também o vício de tentar apanhar tudo o que é bichinho rastejante (formigas, aranhas, centopeias, ...). Tudo o que mexe serve de brincadeira para ele. Às vezes pára de comer para tentar apanhar moscas! E isto até podia ser uma boa coisa se ele  efetivamente as apanhasse, mas que soubesse medir o perigo de certos animais...
Ontem, quando cheguei a casa, o cão tinha o focinho o dobro do tamanho, todo inchado! Não foi difícil perceber que o mais certo é que tenha tentado comer uma abelha (o que já não é a primeira vez) e a coisa, desta vez, correu-lhe para o torto. Toca a pegar no cão e correr com ele para o veterinário. Consulta de urgência, examinar tudo e mais alguma coisa e levar com uma injecção no lombo, não fosse o bicho ser alérgico ou fic…

Coincidência feliz e sorriso na cara

Coincidência feliz é eu estar a sair de um local de trabalho em direção a outro local de trabalho e pelo caminho, sem estar a contar e sem ser suposto, cruzar o meu carro com o carro do namorado, em plena estrada, e mandar-mos um beijinho um ao outro tal como fazem as crianças quando mandam um beijinho a alguém e sopram para que chegue a bom porto! E assim se fica com um sorriso parvo na cara e borboletas na barriga e a certeza de que tenho o homem certo ao meu lado.

"Não fui eu"

E aos 6 meses, eis que o Sr. Benny se lembrou de aprontar das suas e fazer a sua primeira grande asneira dentro de casa. E o que é que ele se lembrou de fazer? Pois que devia estar entediado na sua vidinha de come-dorme-brinca-come-dorme-brinca que se lembrou de testar os dentes numa das pernas de madeira da mesa da cozinha!  O que me assusta agora não é a mesa da cozinha, é saber que os meses de frio e chuva estão a chegar, e ele vai passar grande parte do dia dentro de casa... E se até agora o deixava dentro de casa descansadinha da vida, sem me preocupar se ele iria ou não fazer alguma asneira, depois desta já não é bem assim... Sempre ouvi dizer que o que custa é a primeira vez: a primeira vez que arranhamos o carro novo, a primeira vez que deixamos cair o telemóvel ao chão, a primeira vez que o cão roí qualquer coisa dentro de casa... Mas eu prefiro não saber qual é a sensação uma segunda vez! Vou rezar ao santinho dos cães bem comportados e pedir que isto tenho sido uma vez sem…

Sofazar

É a palavra de ordem para a tarde de hoje!
Depois de um sábado todo preenchido com um novo projeto que decidi abraçar à uns meses atrás, hoje parece que fui atropelada por um camião. Por isso, hoje, nada de calçado desconfortável, roupa apertada, nem maquilhagem na cara. Hoje é dia de jeans, t-shirt, pés descalços e cara lavada. 
Caso para dizer que hoje é um domingo em versão natural e saudavelmente delicioso.

Instagram

Blogs que leio